4 DICAS PRÁTICAS PARA AJUDAR SEU FILHO A APRENDER INGLÊS

0
Inglês

A infância é, certamente, um período de muitas mudanças, diversão e também aprendizado. Durante essa fase tão importante da vida, contar com estímulos dentro de casa pode ser determinante para complementar o que é absorvido na escola e somar para o desenvolvimento das crianças da melhor forma.

Afinal, promover o desenvolvimento dos filhos é uma das maiores metas de pais e responsáveis, e por isso imaginamos que seja um desejo destes contribuir ativamente para essa rotina de estudos e aquisição de conhecimento. Especialmente quando falamos na educação bilíngue desde a infância os pais podem e devem estar presentes para garantir um aprendizado eficiente dando continuidade à rotina também em casa.

Aprender outra língua de uma forma leve e divertida pode tornar o processo mais interessante para as crianças, e é fundamental para que isso aconteça ter o idioma inserido em seu cotidiano e na rotina com a família. Dessa forma, a criança vai conseguir naturalizar o contato com o inglês perceber melhor o valor daquilo em sua vida.

Oportunidades de comunicação com pessoas e culturas diferentes, melhores empregos e salários, um amplo leque de entretenimento, são apenas alguns dos benefícios para o futuro de uma criança que aprende inglês, sem contar os impactos de curto e médio prazo para a memória e raciocínio, melhorando o desempenho escolar em outras disciplinas. 

Assim, contar com a família para estimular esse aprendizado desde cedo por meio da introdução do inglês para crianças de forma natural, dinâmica e sem cobranças é fundamental. Quando mais atraente o idioma se apresentar na vida da criança melhor será a absorção dos conteúdos. Por isso, se você busca saber como ajudar seu filho a aprender inglês, continue lendo e confira nossas super dicas!

ANOTE NOSSAS DICAS PRÁTICAS PARA AJUDAR SEU FILHO A APRENDER INGLÊS!

  1. Estabeleça uma rotina de estudos

Quando falamos na participação da família e inserção do inglês no cotidiano familiar falamos em diversos aspectos dessa participação. Simples entradas do idioma ao longo da rotina podem fazer toda a diferença no interesse da criança pelos estudos. Expressões mais comuns como um “good morning” ou “good night”, “thank you” ou “I’m sorry” não são tão simples quanto soam quando estamos levando o aprendizado para dentro de casa.

Contudo, uma das dicas primárias na hora de ajudar seu filho a aprender inglês está na organização  de uma rotina de estudos. Separar um momento específico para fazer a lição, repassar conteúdos vistos na escola/curso e estar presente em revisões para provas demonstram interesse e podem ser grandes estímulos. 

Os estudos precisam entrar como um hábito, mas nem por isso precisam ser chatos ou monótonos. O compromisso pode também ser algo divertido e natural. Os pais podem aqui preparar um lugar especial para os estudos, com uma mesa e cadeira confortável, lápis, cadernos, livros e demais itens que a criança ajude a escolher para compor o local.

Lembre-se de sempre perguntar como estão indo os estudos, se a criança está com dificuldades específicas, se precisa de ajuda, e nesse momento de auxílio não resolva exercícios e sim oriente, mostre onde e como a criança poderá chegar às respostas corretas. Se as dificuldades forem muito grandes converse com os professores e indique o que está acontecendo. Avalie as evoluções e esteja sempre incentivando com elogios.

  1. Aproveite as tecnologias no aprendizado

Não é nenhuma novidade que as novas tecnologias podem contribuir fortemente para o aprendizado nas mais diversas disciplinas, com o estudo de idiomas não é diferente. Na hora de ajudar seu filho a aprender inglês use e abuse de todos os recursos tecnológicos que tiver disponíveis. Games, computadores, smartphones e tantos outros dispositivos, apesar de serem vistos por muitos pais e educadores como vilões da produtividade nos estudos podem ser fortes aliados se bem utilizados.

O segredo está na supervisão e direcionamento dados, então fique sempre atento aos recursos e como podem ser utilizados na hora de estudar inglês. A internet é uma fonte imensa de conteúdos, existem diversos blogs, jogos e aplicativos voltados para o ensino da língua inglesa. 

Além da praticidade e do entretenimento que podem trazer, os dispositivos podem ajudar o seu filho e podem te ajudar nesse processo de levar o aprendizado para o cotidiano da criança. Mas atenção às fontes confiáveis e se não haverá distrações na plataforma escolhida para praticar. Coloque as tecnologias a seu favor nessa importante missão.

  1. Use estímulos lúdicos e brincadeiras 

Assim como as tecnologias podem ser importantes ferramentas para o aprendizado as diversas opções de entretenimento também podem (e devem) ser aproveitadas ao ajudar seu filho no inglês. Músicas, animações ou até séries em inglês podem ajudar os ouvidos a se familiarizar com o idioma e tornar algo natural no cotidiano, adquirindo conhecimento quase sem perceber.

Mesmo que ele não consiga entender tudo no primeiro momento tente inserir de forma sutil, no caso de crianças pequenas há várias animações que utilizam elementos lúdicos para ensinar tópicos simples como números ou cores. Se seu filho já for mais crescidinho você pode utilizar brincadeiras que ele goste e apresentar fundamentos da mesma maneira, como a contagem em inglês na hora de brincar de esconder.

Histórias contadas em filmes ou séries também podem ajudar bastante em aspectos básicos. Você pode estimular a criança a dar adjetivos em inglês para alguns dos personagens, dizer o grau de parentesco destes em inglês e assim por diante. Nessa hora a imaginação e criatividade são palavras de ordem!

  1. Livros

Seu filho tem o hábito da leitura? Há um esforço considerável na infância para ensinar as crianças a lerem mas muitas vezes não colocamos o mesmo esforço para manter essa atividade enquanto hábito, concorda? Na hora de promover esse tipo de estímulo saiba que os professores não são os únicos responsáveis. 

Quando as crianças aprendem inglês junto com o português as vantagens são inúmeras para o desenvolvimento dos dois idiomas, e na hora de ler esse trabalho em dupla também pode ser muito benéfico. Você pode adquirir livros em português e em inglês de acordo com o nível e idade da criança e estimulá-la a consumir esses conteúdos ainda cedo.

Há diversas histórias em inglês que você pode ler com seu filho ou dar para que ele leia sozinho e avance no aprendizado do idioma. Além do prazer da leitura e conhecer novos universos, esse hábito pode ajudar a melhorar a concentração, raciocínio e ampliação do vocabulário do seu filho, isso sem falar no estímulo a criatividade. A leitura é certamente um importante recurso na infância e não pode ser deixada de lado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts